Ciclo de Conversas A Febre
DEBATE ONLINE

I. Deslocamentos e conexões entre mundos. 

Debate realizado pela Vitrine Filmes em parceria com a Folha de São Paulo em ocasião do lançamento do filme "A Febre", com a participação de Ailton Krenak, Naine Terena e Laymert Garcia dos Santos, mediado pelo jornalista Leão Serva.

Ciclo de Conversas A Febre
DEBATE ONLINE

II. Políticas da Imagem e Construção de Imaginários. 

Debate realizado pela Vitrine Filmes em parceria com a Rádio Yandê em ocasião do lançamento do filme "A Febre", com a participação da cineasta Graciela Guarani e do arquiteto Wellington Cançado, mediado pela jornalista Renata Tupinambá. 

Ciclo de Conversas A Febre
DEBATE ONLINE

III. Cosmopolítica, Cosmofobia e Cosmovisão: o sonho e a partilha do real. 

Debate realizado pela Vitrine Filmes em parceria com o Itaú Cultural em ocasião do lançamento do filme "A Febre", com a participação do escritor e lavrador Antônio Bispo dos Santos e do artista Jaider Esbell, mediado por Tsitsina Xavante.

The New York Times
CRÍTICA A FEBRE

Doenças Tropicais por Devika Girish

"O filme extraordinário de Maya Da-Rin detalha a vida íntima de uma família indígena na cidade brasileira de Manaus."

 

Cahiers du Cinema
CRÍTICA E ENTREVISTA A FEBRE

O Vigia que Vê, por Claire Alouche e entrevista com Maya Da-Rin por Thierry Méranger

"A Febre questiona a viabilidade de um mundo onde os elementos naturais são cada vez mais consumidos pela produção industrial. Da-Rin não condena, no entanto, o futuro de seus personagens e acaba multiplicando as linhas de fuga".

Libération
CRÍTICA A FEBRE

A Doença e o imaginário, por Luc Chassel

"Em um filme assombrado pelo espectro do contágio e que ressoa particularmente em meio a uma pandemia, a brasileira Maya Da-Rin se une a seu herói, um homem de meia-idade preso na fronteira entre dois mundos."

Los Angeles Times
CRÍTICA A FEBRE

Drama brasileiro "A Febre" revela o anseio de um homem indígena por um retorno à natureza, por Carlos Aguilar

"Sutilmente sensorial mais do que somente uma narrativa convencional, "A Febre" habita um plano etéreo que centra as crenças indígenas e práticas culturais não como modos primitivos, mas válidos de engajamento."

 

Variety
CRÍTICA A FEBRE

Uma fábula dos nossos tempos sobre modernidade e fabulação, por Manuel Betancourt

"A estreia de Maya Da-Rin em longas-metragens de ficção é um retrato fascinante de um homem à deriva em uma selva urbana."

Another Gaze
CRÍTICA A FEBRE

Apesar do nome, A Febre, de Maya Da-Rin evita patologização, por Bessie Rubinstein

"Em "A Febre" engajamento não significa receber o mundo em seus próprios termos. Significa algo além da interpretação, sentar-se com alguém ou algo, aceitar que pode não haver respostas, nem segundos significados, nem camadas adicionais de valor. Assim você resiste a violência do silenciamento por imposição."

 

O Globo
MATÉRIA A FEBRE

O xamã que sopra o vento e virou revelação na tela

"Nascido em Pari-Cachoeira, aldeia próxima à fronteira da Colômbia, ele foi registrado como Reginaldo Fontes Vaz, mas adotou o sobrenome indígena Myrupu, que significa 'o soprar do vento'. Morou anos com a família no município de Barcelos, antes de ir para a Praia do Tupé, onde coordena, desde 2014, o projeto Floresta Cultural Herisãrõ, que busca o turismo sustentável com a 'missão de divulgar e manter viva a cultura indígena'."

MUBI
ENTREVISTA A FEBRE

Mistérios da natureza: Maya Da-Rin comenta "A Febre", por Gustavo Beck

"A cineasta brasileira discute seu novo filme e as declarações feitas contra pessoas indígenas pelo governo brasileiro de extrema-direita."

Revista Cinética
CRÍTICA A FEBRE

A eminência do corpo, por Rodrigo de Abreu Pinto

"Sem apelar a toda sorte de signos que atualizem, ao longo do filme, as dicotomias entre tradicional/moderno, rural/urbano, branco/indígena, o filme de Maya Da-Rin vai em busca de uma beleza mais difícil: posiciona a câmera no espaço e espera que a duração do plano forje, na própria pele do filme, a interação rugosa entre os personagens e o ambiente."

 

The Guardian
CRÍTICA A FEBRE

Um filme de sonho sobre uma doença misteriosa, por Peter Bradshaw

"A sutil e poética estreia de Maya Da-Rin envolve a vida oculta do povo Desana do Brasil"

Folha de São Paulo
CRÍTICA A FEBRE

Filme "A Febre" nos faz mergulhar em Brasil que dificilmente alcançamos, por Cássio Starling Carlos

"Em vez de dar respostas simples e incompletas, 'A Febre' nos atrai para os outros mundos da existência de Justino, o das origens no espaço da natureza e o da exploração do trabalho, o do pensamento mágico e o da existência sem horizontes, o de um Brasil que não é mais e o de um país que não será."

Carta Capital
ENTREVISTA A FEBRE

"Maya Da-Rin: 'Um país sério teria um ministério só para políticas indígenas'", por Roberto de Martin

"Em entrevista à Carta Capital, a diretora do filme, Maya Da-Rin, fala sobre o longo processo da obra, iniciada em 2013, antes da queda de Dilma, e finalizado em 2018, com Jair Bolsonaro presidente."

Sight and Sound
CRÍTICA A FEBRE

A Febre diagnostica doença no Brasil de Bolsonaro, por Jason Anderson

"Vencedor em Locarno, o filme de Maya Da-Rin acompanha um homem indígena desana pelos ambientes naturais e industriais de Manaus, onde uma doença desconhecida e uma fera misteriosa atual como metáforas políticas potentes. (...) A determinação de Justino em resistir aos estranhos sofrimentos faz dele uma figura de força e resiliência, mesmo que o filme pungente de Da-Rin não deixe que os espectadores esqueçam da dor, injustiça e devastação que acontece à sua volta."

Desist Film
ENTREVISTA A FEBRE

Entrevista com Maya Da-Rin, por José Sarmiento Hinojosa e Mónica Delgado

"Maya Da-Rin: 'Precisamos começar a questionar as formas eurocêntricas de conhecimento que herdamos."

Dazed
CRÍTICA A FEBRE

Maya Da-Rin em seu drama brasileiro sobre a dor indígena, por Nick Chen

"O filme de estreia de Maya Da-Rin é uma obra de arte sonhadora e nebulosa sobre uma febre misteriosa, explorando temas como a alienação, a falta de lugar e a identidade do povo Desana do Brasil."

 

Vogue
ENTREVISTA

Entrevista com Maya Da-Rin, por Camila Garcia Russo, Laís Franklin e Nô Mello

Citação Maya Da-Rin: "'A Febre' toca em questões que fazem parte desses nossos últimos 500 anos. O que vivemos hoje é um reflexo disso." (Foto: Marina Benzaquem)

Conversa com Maya Da-Rin
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Filmes Sem Cinemas: Maya Da-Rin, "A Febre"

Em debate realizado pelo canal 3 em Cena, Eduardo Escorel, Juca Badaró e Piero Sbragia conversam com a cineasta Maya Da-Rin sobre a distribuição do longa-metragem "A Febre" e sobre o não-lugar do autóctone brasileiro na contemporaneidade.

Folha de São Paulo
MATÉRIA A FEBRE

Arte indígena avança na busca de novas formas de existência, diz o antropólogo, por Pedro Cesarino

"Ao tratar da trajetória de Justino, trabalhador de um porto de cargas em Manaus, e de sua filha Vanessa, uma auxiliar de enfermagem que acaba de ser aprovada em medicina na UnB, o filme explora os dilemas das relações entre gerações de indígenas e suas vidas nas grandes cidades brasileiras sem, contudo, ser propriamente realista."

Conversa com Maya Da-Rin
PODCAST -  A FEBRE

Cine Festivais Entrevista: Maya Da-Rin

Maya Da-Rin é entrevistada no podcast Cine Festivais, produzido e apresentado pelo jornalista e crítico Adriano Garrett. A conversa com Maya teve como foco dois de seus filmes: Terras (2009) e A Febre (2019).

Conversa com equipe e elenco de A Febre
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Estação Sabiá: "A Febre", vida indígena na cidade

Regina Zappa convida a diretora Maya Da-Rin, os atores Regis Myrupu e Rosa Peixoto, o roteirista Miguel Seabra Lopes e a preparadora de elenco Amanda Gabriel para uma conversa sobre o processo criativo do filme "A Febre". Debate realizado pelo canal TV 247.

Conversa com Maya Da-Rin
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

TV PUC: Conversa com diretora do filme "A Febre", Maya Da-Rin

Em debate promovido pelo curso de Ciências Sociais da PUC-SP e transmitido pelo canal TV PUC, as professoras Mônica de Carvalho, Lúcia Rangel e Silvana Tótora conversam com a diretora Maya Da-Rin sobre seu filme "A Febre".

Conversa com equipe e elenco de A Febre
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Cineclube AIC: "A Febre", de Maya Da-Rin

Em debate realizado pela Academia Internacional de Cinema (AIC), os professores Filippo Pitanga e Martin Eikmeier analisam o filme "A Febre" e conversam com a diretora Maya Da-Rin e com os atores Regis Myrupu e Rosa Peixoto.

Conversa com Rosa Peixoto
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Fala Parente: Rosa Peixoto, do filme "A Febre"

Em debate realizado pelo canal Literatura Indígena Contemporânea, a atriz Rosa Peixoto conversa com a escritora e pesquisadora Julie Dorrico sobre sua participação como protagonista do filme "A Febre" e sobre a representatividade indígena no cinema.

Conversa com Maya Da-Rin
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Estação Sabiá: Maya Da-Rin fala sobre seu filme "A Febre"

No mês de lançamento de "A Febre" no Brasil, Regina Zappa conversa com a diretora Maya Da-Rin sobre o filme, que conquistou mais de trinta prêmios ao redor do mundo, dentre eles o Prêmio da Crítica Internacional (FIPRESCI) no Festival de Locarno. Debate realizado pelo canal TV 247.

Conversa com Rosa Peixoto
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Circo Navegador: Cineclube, filme "A Febre"

Debate realizado pelo Espaço Cultural Circo Navegador, com apoio do Programa de Ação Cultural da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo (PROAC), com a participação de Rosa Peixoto e de Anaya Suya.

Conversa com Regis Myrupu
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Fala Parente: Regis Myrupu, do filme "A Febre"

Em debate realizado pelo canal Literatura Indígena Contemporânea, o ator Regis Myrupu conversa com a escritora e pesquisadora Julie Dorrico sobre sua participação como protagonista do filme "A Febre". Regis Myrupu recebeu o prêmio Leopardo de Ouro de Melhor Ator no Festival de Locarno por seu trabalho na obra.

Conversa com Maya Da-Rin
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

CINEMAMM: Debate Sobre o Filme "A Febre"

Debate realizado pelo projeto CINEMAMM, do Museu de Arte Murilo Mendes, ligado à Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), com a diretora Maya Da-Rin e a atriz Rosa Peixoto.

Conversa com elenco de A Febre
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Cineclube Cinelatino: Debate com Rosa Peixoto, Lourinelson Vladmir, Virginia Osorio Flores e Senilde Guanaes

Com mediação de Angelene Lazzareti, os atores Rosa Peixoto e Lourinelson Vladmir conversaram sobre o filme "A Febre" com as professoras Virginia Osorio Flores e Senilde Guanaes, da Universidade Federal da Integração Latino-Americana no canal do YouTube Cinelatino.

Distribuição Audiovisual na Pandemia
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Cine Debate: "A Febre"

Debate realizado pelo Departamento de Comunicação Social da PUC-Rio com a diretora do filme "A Febre", Maya Da-Rin, e Lívia Donadeli, da Vitrine Filmes. O encontro fez parte do Cine Debate: Distribuição Audiovisual na Pandemia e foi organizado por alunos e professores da universidade.

Conversa com Maya Da-Rin
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Cinecampus debate "A Febre" (2019), de Maya Da-Rin

Debate realizado pelo projeto Cinecampus, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), com a diretora Maya Da-Rin e os antropólogos Edgar Teodoro da Cunha e Edmundo Peggion.

Conversa com Regis Myrupu
DEBATE ONLINE -  A FEBRE

Imagem dos Povos: Histórias para Adiar o Fim do Mundo

Entrevista com o ator Regis Myrupu sobre o filme "A Febre", como parte da Mostra Audiovisual "Imagem dos Povos", organizada pela produtora T'AI Criação. A Mostra tem como objetivo estimular o debate sobre a preservação ambiental na região de Brumadinho, Minas Gerais.

Encontro Trocas Culturais
ENCONTRO ONLINE -  A FEBRE

Academia Brasileira de Cinema: Melhor Primeira Direção de Longa-Metragem

Encontro entre os finalistas da categoria Melhor Primeira Direção de Longa-Metragem do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2021. Mediado pela jornalista e roteirista Melina Dalboni, o encontro contou com a presença de Allan Deberton, Bárbara Paz, Djin Sganzerla, Matias Mariani e Maya Da-Rin.

Conversa com Maya Da-Rin
PODCAST -  A FEBRE

Um Rádio na Paisagem: A Floresta Febril

Maya Da-Rin é entrevistada no podcast Um Rádio na Paisagem, produzido e dirigido pelo coreógrafo Gustavo Ciríaco, onde fala, dentre outras coisas, de seu filme "A Febre". Um Rádio na Paisagem é um podcast que convida artistas dos mais diversos campos para falar sobre paisagem, suas experiências biográficas e referências artísticas.

Transfuge
CRÍTICA A FEBRE

No limite dos sonhos, por Romane Carrière

"Com "A Febre", Maya Da-Rin assina um longa-metragem de estreia político, enigmático e exuberante."

Loud and Clear
CRÍTICA A FEBRE

Identidade indígena sob ameaça, por Myrthe Leenders

"A Febre é uma experiência artística sonora que mostra a difícil batalha entre as práticas culturais indígenas e a industrializada cidade de Manaus. (...) Uma fantástica obra cinematográfica, o novo filme de Maya Da-Rin é uma combinação de arte visual e documentário alegórico."

Cinemascope
CRÍTICA A FEBRE

A Febre - Wavelengths, Festival Internacional de Toronto, por Beatrice Loayza 

"A Febre é cinema em sua essência, exigindo empatia e compreensão sem piedade ou didatismo, e protagonizando os indígenas com uma atenção às suas especificidades culturais como poucos filmes se preocupam em elaborar."

Cinevue
CRÍTICA A FEBRE

O filme "A Febre", por Christopher Machell

"As credenciais de documentarista de Da-Rin trazem uma autenticidade que evita o exotismo dos povos indígenas."

 

BFI - Sight and Sound
CRÍTICA A FEBRE

Maya Da-Rin sonha com a tristeza de um migrante da Amazônia, por Laura Davis

"A anteriormente documentarista Da-Rin continua a inovar com esta ficção sobre um trabalhador indígena brasileiro atraído misteriosamente de volta para a floresta."

Stir
CRÍTICA A FEBRE

Dois mundos colidem no meditativo e misterioso "A Febre", por Janet Smith

"A Febre funciona como um feitiço de sonho e, no final, seu misticismo indígena fará muito mais sentido para o espectador do que o caos do chamado 'progresso'."

Télérama
CRÍTICA A FEBRE

"A Febre, de Maya Da-Rin", por Jacques Morice

"É uma estranha atmosfera de sonho que reina no primeiro longa-metragem fascinante da artista e realizadora brasileira Maya Da-Rin. Uma mistura de quietude, gestos reflexivos e ameaças difusas. (...) Mergulhado na cultura, nas crenças e no idioma dos povos indígenas da região do Alto Rio Negro, A Febre evoca sua condição com sabedoria e prudência."